Central de Vendas (11) 4772-0101

Práticas Funerárias no Mediterrâneo Romano

Mais informações

Produto indisponível no momento, quer ser avisado?

Preencha os dados abaixo para ser avisado quando retornar.

Desejo receber newsletter
No momento não temos o produto disponível em nosso estoque.
Avalie:

Há milhares de anos findava-se o Império Romano. Seu poderio foi sentido em diferentes continentes, tendo alcançado possessões territoriais em volta do mar Mediterrâneo na Europa, África e Ásia. Como marcas deste período restaram monumentos, estátuas , mudanças na paisagem, assim como inúmeras obras literárias que marcaram definitivamente a história da humanidade. Ao longo dos últimos anos um novo enfoque sobre o mundo romano preferiu dar valor a um dos momentos que mais aterroriza e amedronta a humanidade: a morte. Tal força do tema surge principalmente por ela ser fonte de alguns dos maiores temores, angústias e ansiedades enfrentados pelos seres humanos em sua existência, que ao cabo têm que encarar diante de si a sua própria finitude. Ci entes da potência desta pesquisa, os diversos estudiosos brasileiros reunidos buscam observar – a partir de inúmeras fontes documentais e materiais – como aquela sociedade conseguiu lidar com a própria ideia de finitude. Relatos, comportamentos, lame ntações e reflexões diante da morte ganham, por mais incrível que possa parecer, vida. A leitura desta obra pode contribuir para todo aquele interessado em sua própria perenidade. (Tobias Vilhena de Moraes – Unicamp) Sumário: Capítulo 1: Aspectos leg ais do mundo funerário romano Capítulo 2: Monimenta mortuorum: memória e religião em dois monumentos ciceronianos Capítulo 3: Tecendo o fio entre memória e morte à luz do tumulus de Otávio Augusto Capítulo 4: Lápides funerárias e ritos de passagem entre os romanos no início do principado: o que a morte pode nos dizer sobre a vida? Capítulo 5: El monumento funerario del veterano L. Poblicio (colonia s. I d.C.) y la cultura literaria de los soldados romanos en el Alto Imperio Capítulo 6: A mo rte no apocalipse Capítulo 7: Práticas funerárias e martírio: morrendo pela fé cristã e enterramento como lugar de memória na concepção de Prudêncio Capítulo 8: As relíquias dos mártires como esteio dos bispos: Melécio e o culto de Bábilas em Antio quia (séc. IV)

Código de barras:
9788546204632
Dimensões:
0.00cm x 14.00cm x 21.00cm
Edição:
1
Marca:
PACO EDITORIAL
Idioma:
Português
ISBN:
9788546204632
ISBN13:
9788546204632
Número de páginas:
228
Peso:
290 gramas
Encadernação:
Brochura