Central de Vendas (11) 4772-0101

Gênero: Identidade e Reconhecimento

Mais informações
Autor:
Marli M. M. Da Costa (veja mais livros deste autor)
Editora:
LETRAS JURIDICAS(veja mais livros desta editora)

Produto indisponível no momento, quer ser avisado?

Preencha os dados abaixo para ser avisado quando retornar.

Desejo receber newsletter
No momento não temos o produto disponível em nosso estoque.
Avalie:

Apresentação A obra Gênero: identidade e reconhecimento propõe olhares interdisciplinaresacerca de questões histórico-culturais propositadamente invisibilizadas relativas à inferiorização do feminino. Um aparente paradoxo, se considerada a evolução f ormal de garantias jurídicas como produtode intensas lutas por reconhecimento, mas que, a despeito dessa notória evolução, tem nas construções sociais, simbólicas e discursivas, as evidências da perpetuação dos perversos processos de discriminação e dominação. Ao apresentá-la, estabeleço de pronto um diálogo com pesquisadorese educadores e, principalmente, com mulheres e comunidade LGBTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) que identificarão nos estudos a seguir a narrativa de suas próprias vidas. No primeiro capítulo, de autoria de Rosângela Angelim, tem-se uma reflexão acerca dos processos subjetivos da construção identitária das mulheres em relação às teorias da redistribuição econômica e do reconhecimento cultural/identitário e suas contribuições para a compreensão das ações e demandas dos movimentos feministas, sob as perspectivas de Nancy Fraser e Axel Honneth, respectivamente. Através de uma incursão histórica, a autora desvela as memórias coletiva s, as vivências, os processos de luta e as violências (invisibilizadas e/ou naturalizadas) impostas às mulheres no contexto das desiguais relações de gênero tecidas ao longo dessa incursão. Em diálogo com outros autores, aponta as controvérsias e con vergências das teorias estudadas, demonstrando sua complementariedade para o apontamento de rumos para os movimentos feministas, no que se refere tanto ao autorreconhecimento das mulheres e a busca por reparação de danos históricos, quanto como mecan ismo de busca de status social como meta de participação paritária. Na sequência, Juliana Bedin Grando e Renata Maciel aprofundam a temática da precarização das relações laborais femininas sob a ótica

Código de barras:
9788582481400
Dimensões:
1.00cm x 14.00cm x 21.00cm
Edição:
1
Marca:
LETRAS JURIDICAS
Idioma:
Português
ISBN:
9788582481400
ISBN13:
9788582481400
Número de páginas:
168
Peso:
220 gramas
Encadernação:
Brochura