Prisão Preventiva e o Paradigma da Pós - Modernidade em Bauman, A
  • Prisão Preventiva e o Paradigma da Pós - Modernidade em Bauman, A

prisão preventiva e o paradigma da pós - modernidade em bauman, a

editora: nuria fabris
autor: luizana barata dantas
SOB ENCOMENDA Cadastre-se e seja avisado quando o produto chegar.

Dados Técnicos

Autor:
Encadernação:Brochura
ISBN13:9788581750217
ISBN10:8581750214
Número de Páginas:128
Número Edição:1
Ano Edição:2013

Largura:1
Profundidade:1
Peso:0,2
Altura:1
Por R$ 50,00 ou em até 2x sem juros de R$ 25,00 no cartão
Indique este produto
Informações
Selecione a visualização desejada: Lista
Sinopse prisão preventiva e o paradigma da pós - modernidade em bauman, a
"As ideias lançadas por Luziana não constituem, como alguns, superficial e apressadamente, poderiam concluir, um discurso da impunidade, ou a defesa de um acusado específico. Representa, antes, a defesa da humanidade, a rejeição da brutalidade e o respeito às regras, princípios e valores que orientam as sociedades que se estruturam no modelo de Estado Democrático de Direito. Seu propósito, assim, é buscar uma maior racionalidade na aplicação do processo penal, por meio do estudo de seus institutos, decidindo trilhar, desse modo, um árduo caminho de investigação voltado para as individualidades, mas procurando estabelecer uma harmonia das particularidades com o todo, na tentativa de compreender o sistema na sua integralidade."Da Apresentação de Ivanilson Paulo Corrêa Raiol, Promotor de Justiça. Mestre, Doutor e pós-doutorando em Direito Penal e garantias constitucionais. Professor de Direito Penal e Processual Penal da Universidade da Amazônia. Coordenador do grupo de estudo e pesquisa em ciências criminais da Unama (GEPCCfíl)."A pós-modernidade, instituindo um novo paradigma nas relações humanas, com o resgate do homem e do seu valor, propõe que a solidariedade seja o novo vetor de orientação das decisões estatais, inclusive das que dizem respeito ao controle punitivo. Desse modo, conclui Luziana que a prisão preventiva não mais se justifica nos dias pós-modernos, em que a razão científica, por não encontrar seu lugar, deve ceder às práticas de solidariedade e fraternidade."Do Prefácio de Marcus Alan de Melo Gomes, Mestre e Doutor em Direito (PUC/SP). Professor da Universidade Federal do Pará. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Direito do Instituto de Ciências Jurídicas da UFPA. Juiz de Direito

Prisão Preventiva e o Paradigma da Pós - Modernidade em Bauman, A

Prisão Preventiva e o Paradigma da Pós - Modernidade em Bauman, A
Por R$ 50,00 ou em até 2x sem juros de R$ 25,00 no cartão